Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Internacional

17/03/2013 14h21

Primeiro Angelus do Papa Francisco: ‘Deus jamais se cansa de nos perdoar’

Da Redação/com A12
Papa Francisco na sacada de seus aposentos saudando o povo

Cerca de 150 mil pessoas aguardaram com expectativa na Praça de São Pedro no Vaticano para ouvir o primeiro Angelus do Papa Francisco neste domingo (17) .

Às 8h horário de Brasília, o Papa apareceu na janela de seu apartamento e foi saudado pelos milhares de fiéis e peregrinos das mais diversas nacionalidades. 

O Papa estendeu a mão direita abençoando o povo que foi rezar com ele.

“Bom dia!”, foram as suas primeiras palavras.

Antes da oração mariana, o Papa refletiu a passagem bíblica que cita a mulher adúltera e ressaltou o valor da misericórdia e do perdão.

“Deus jamais se cansa de nos perdoar. Nós é que nos cansamos de pedir perdão. Temos de aprender a ser misericordiosos com todos”, afirmou.

O Papa comentou que estava muito feliz de poder encontrar pela segunda vez os fiéis e afirmou que no domingo, dia do Senhor, é o “dia de se cumprimentar, de se encontrar e conversar, como aqui, agora, nesta Praça, uma praça que graças à mídia, é do tamanho do mundo!”.

O Pontífice exortou todos a compreender o significado e o valor de um ato misericordioso, como o de Jesus, que não desprezou nem condenou a mulher adúltera, mas ofereceu seu amor e compaixão.

Francisco também questionou a multidão sobre a paciência de Deus para com os homens.

“Vocês já pensaram na paciência que Deus tem com cada um de nós?” – e continuou – “É a sua misericórdia: Ele nos compreende, nos recebe, não se cansa de nos perdoar se soubermos voltar a Ele com o coração arrependido. É grande a misericórdia do Senhor!”.

O Papa destacou uma citação do livro do Cardeal Walter Kasper, que fala que onde existe misericórdia, não existe espaço para desamor ou condenação.

“O livro faz entender que a palavra ‘misericórdia’ muda tudo; torna o mundo menos frio e mais justo”.

Bem humorado o Pontífice disse: “não estou fazendo publicidade ao livro do cardeal”, mas considerou que a leitura do livro fez muito bem a ele.

O Papa repetiu novamente, a reflexão central deste primeiro Angelus.

“Deus jamais se cansa de nos perdoar. Nós é que nos cansamos de pedir perdão. Temos de aprender a ser misericordiosos com todos”.

E iniciou a oração invocando a intercessão de Maria, Mãe de Jesus “que teve em seus braços a misericórdia de Deus em pessoa, no menino Jesus”.

Por fim, encerrou de forma bastante casual desejando, um “bom domingo, bom almoço” a todos.

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL