Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Entrevistas

17/10/2012 23h00

Paróquias da Área Noroeste se unem para a realização do Dia Nacional da Juventude

Pe. Gilmar fala sobre o evento que acontece no próximo Domingo na cidade de Flexeiras

Diácono Rodrigo Rios
Pe Gilmar Custódio tem incentivado a articulação das Paróquias na Área Noroeste para a realização de eventos em comum

Anualmente, a Igreja Católica celebra o Dia Nacional da Juventude (DNJ), com atividades que possam valorizar a ação jovem nas diversas dioceses espalhadas pelo país. As Paróquias da Área Noroeste da Arquidiocese de Maceió resolveram se unir para a realização do DNJ em comum no dia 21 de outubro de 2012, na cidade de Flexeiras (AL), com programação vasta, incluindo arrastão com Trio Elétrico e Show com a Banda Tribo Maranata de Belo Horizonte (MG). O Portal entrevistou Pe. Gilmar Custódio, 37, administrador paroquial em Novo Lino (AL) e coordenador da Área Noroeste para nos falar sobre este evento e toda a articulação local.

Como surgiu a iniciativa da realização do DNJ pela Área Noroeste?
A data sempre foi comemorada no Brasil, em Alagoas, mas, em algumas paróquias ou mesmo áreas, não acontecia, como no caso da nossa Área Noroeste. Com a chegada do Pe. Jerônimo Medeiros na Paróquia de São Caetano, em Jacuípe, e com sua experiência trazida da diocese em que ele fazia parte, em uma das reuniões de nossa Área, ele lançou a proposta e a mesma foi bem acolhida. A iniciativa veio dele. No início, houve certa estranheza de um dos padres porque nunca havíamos tomado uma iniciativa como esta, mas logo todos acataram com carinho, dispondo-se em ajudar no que fosse necessário, sobremaneira em termos financeiros.

Quais os desafios para a realização de um evento desse porte?
Um evento assim requer muitas ações, e principalmente, muito tempo e atenção. Mas, nada que em nome da unidade, não se resolva. Graças a Deus as coisas estão se encaminhando muito bem. Como a proposta é para os jovens, imaginávamos que algumas pessoas ficassem de lado, excluindo-se, sem querer participar, mas, ao contrário, estão contribuindo, comprando as camisas e interessando-se verdadeiramente.

O que se espera alcançar a partir deste evento?
Primeiramente, um entrosamento e comunhão com nós padres; o que já está havendo, pois há uma relação muito boa, de acordo e combinação para isto; como também uma unidade entre a juventude, por que, por exemplo, em Novo Lino, os jovens estão acostumados a lidar somente com os jovens daqui. Não há essa comunhão, não há essa identificação com os outros das outras paróquias. O momento é propício porque também coloca esses jovens face a face nesses encontros, com tudo o que vai se desenvolver do primeiro momento até o derradeiro instante, no encerramento com a Missa e as bandas. Esperamos essa comunhão entre os jovens, para que fomentem outros eventos, participem de encontros em outras paróquias, além, de uma maior estruturação da pastoral da juventude, pois com o tempo, essa realidade ficou desgastada, esfacelada. A gente vê uma considerada participação dos jovens nas celebrações, mas depois disto, eles não estão conosco nos movimentos, para a participação na pastoral propriamente dita. Creio que além dos jovens na Igreja local, os outros que não tinham essa participação maciça e ativa, uma vez sendo convidados e participando do encontro, tenham essa experiência de maior comunhão e interatividade, numa esperança deles se encontrarem mais à vontade, mais acolhidos, e queiram participar de encontros, grupos de oração, partilhas da Palavra divina... Talvez interessados a partir dessa experiência do DNJ em Flexeiras, eles passem a se engajar e a atuar melhor. É o que esperamos para todas as paróquias da Área Noroeste, pois me parece ser a situação a mesma; não só em termos de nossa Área, mas em termos de Arquidiocese. Seria um meio de evitar tantos desastres, tantos desencontros da vida fora da Igreja.

Nos dias 29 e 30 de setembro se realizou um encontro de formação para os catequistas da Área Noroeste. Como foi essa experiência já que consta como uma primeira iniciativa de evento pela Área?
Foi uma experiência de importante valia. Os catequistas das várias paróquias de nossa Área, se não me engano, nunca se encontraram, não somente para momentos formativos, mas para aqueles de dinâmicas, de entrosamento. É extremamente proveitoso iniciativas como esta, porque além de poderem girar em torno dos mesmos métodos, os catequistas passam a se conhecer e se esforçarão a usar didáticas semelhantes, metodologias, para que de uma forma mais fácil, venham a ser mais duradouros os ensinos evangélicos e tudo o que é necessário para a formação de quem vai receber os primeiros sacramentos e assim por diante. Além de estarem se encontrando, vão ser semelhantes no modo de passarem a doutrina cristã católica.

Há outras iniciativas já pensadas a serem realizadas em relação à Área Noroeste?
Detalhadamente, ainda não. Mas, vamos nos reunir para tratarmos sobre outras iniciativas, sobretudo em relação ao Ano da Fé, para que seja vivido em termos de Área, com eventos em comum, aos quais todas as paróquias possam se unir. Logo estaremos vendo isso com os clérigos que compõem a nossa Área.

O senhor poderia deixar uma mensagem de convite para o jovens em relação ao DNJ?
Jovens, não percam esta oportunidade de nos encontrarmos, todos juntos. Eu sempre digo que há algo diferente, que promove bons sentimentos, uma alegria de ser muito grande, quando os cristãos se encontram. Os católicos quando se reúnem, deixam transparecer algo grandiosíssimo, uma alegria de ser, uma vontade de viver, diante de qualquer obstáculo pelo qual estejam passando. Que todos nos encontremos lá com os mesmos ideais de fé e fraternidade, solidariedade, comunhão, para que também nesse encontro, os jovens, como Área, dêem esse entendimento às pessoas aos nossos arredores, para que, aqueles que forem, pelo menos por curiosidade para olhar, lhes tenham um conhecimento sobre o quanto é bom estarmos juntos, unidos em torno deste ideal, de fé, de generosidade, no vínculo da paz, como nos ensina o santo Apóstolo.


SERVIÇO
Dia Nacional da Juventude da Área Noroeste (Cidades alagoanas de Campestre, Colônia Leopoldina, Flexeiras, Jacuípe, Joaquim Gomes, Jundiá e Novo Lino)
Tema: Jovens unidos pela Vida
Lema: “Eu vim para que todos tenham vida” Jo 10,10
Local: Ginásio Poliesportivo de Flexeiras – AL
Data: 21 de Outubro de 2012
Horário: 08h às 22h
Atividades: Arrastão com Trio Elétrico, peça teatral, testemunhos, adoração, louvor e muita animação!
Shows: Ministério de Música Renascer e Banda Tribo Maranata, de Belo Horizonte (MG)
Presenças: Missionário Stéfane, Dom Antônio Muniz e Padres da Área Noroeste.
Mais informações: www.areanoroeste.com.br ou [email protected]
Entrada Franca
 

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL