Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

11/06/2018 10h51

Missa da Misericórdia é realizada mensalmente no Santuário da Divina Misericórdia

Celebração Eucarística reúne centenas de fiéis mensalmente

Rose Lino - Comunicação Arquidiocese de Maceió
Carlos Roberto / Pascom Maceió

Como acontece em todos os primeiros domingos de cada mês, nesse dia 03 de junho, foi celebrada mais uma vez a Missa da Misericórdia de Maceió, no Santuário da Divina Misericórdia São João Paulo II e Irmã Dulce. A partir das 15 horas inicia-se o terço mariano dirigido pelos homens do terço das paróquias vizinhas ao Santuário. Antes da Santa Missa é rezado o Terço da Misericórdia, apresentados alguns testemunhos de graças alcançadas pela interseção de Jesus Misericordioso e durante toda a tarde são realizadas confissões.
Alguns fiéis chegam cedo para vivenciarem esses momentos e participarem de todos ao atos. Eles veem de vários bairros da cidade e até de cidades vizinhas. Ademilda da Silva da Paróquia Nossa Senhora do Carmo do bairro do Poço diz que é muito importante participar todos os meses dessa missa. Para ela “os nossos pecados diante da Misericórdia de Deus é como uma gota d’água no oceano”. Ela participa desde 2012 quando descobriu um câncer de mama e através da devoção Jesus a curou. Vem para mergulhar nesse mar de misericórdia que é essa missa, vem rezar pelos seus familiares, por suas irmãs de câncer de mama e todos os pacientes de oncologia.
Ângela Vieira de Lima do bairro Pinheiro, vem todos os meses por ser devota do Coração de Jesus e aqui encontra muita paz. Volta para casa renovada pois tudo mudou na sua vida, na sua casa e na vida dos seus filhos depois que começou frequentar o santuário e a rezar o Terço da Misericórdia. Sua filha estava há dois anos desempregada e logo que ela pôs o nome da filha em oração a filha conseguiu um emprego. Hoje, ela o marido e a filha estão aqui para agradecer as bênçãos em suas vidas. Rosete e Luciene, moradoras de Marechal Deodoro também dizem que recebem muitas graças e renovação a cada celebração e que voltam para casa fortalecidas.
A Missa é celebrada pelo Pe. Calmon Malta, da paróquia de São José (Trapiche), e animada pelo Ministério de Música “Discípulos” também da referida paróquia. Em sua homilia padre Calmon inicia falando sobre a instituição do sábado como “O Dia do Senhor”. Porém, ele cita a diferença e a grande dificuldade do cristão entender é que não estamos sujeitos a antiga lei, pois Jesus é “o que foi predito, é o Deus conosco, o Verbo feito carne”. Ele é tão importante para nós que quando não entendemos isso vivemos no passado, falamos em Jesus mas o nosso coração está lá no Antigo Testamento.
Nós precisamos viver o Novo. É necessário crer, depois de crer ser batizado e depois é preciso viver aquilo que acreditamos e vivendo a fé dar o testemunho. Jesus não escraviza, ele liberta e nos dá uma vida nova, um caminhar novo. O verdadeiro cristão precisa deixar de lado a angústia e viver com fé, é preciso abraçar de verdade a palavra do Senhor. Portanto, o Filho do Homem é Senhor do sábado e não Senhor no sábado. Significa que Ele é o Senhor do Tempo. Às vezes mesmo compreendendo os mistérios divinos não estamos dispostos a mudar de vida. Não podemos por nenhum tipo de condição para amar a Deus, se o faço é porque meu coração está fechado e a dureza de coração é que nos afasta de Deus. É preciso que nós testemunhemos o amor de Deus e só testemunha o amor de Deus quem vence a dureza de coração. Quem conduz a nossa vida é Jesus e a conversão é um processo contínuo, do dia a dia, o testemunho de vida é um processo contínuo de conversão. O padre concluiu a homilia com uma oração comunitária e deu prosseguimento aos ritos da Santa Missa.
Antes da benção final é feito um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento com orações e louvores. Este momento é muito esperado por cada fiel que vem a cada primeiro domingo do mês em busca de Jesus e sua Misericórdia além de virem também agradecer por todas as graças alcançadas.

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL