Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

08/04/2018 15h08

Pregações e Louvor marcam manhã da Festa da Misericórdia no Vergel

Programação se estende por todo o dia, finalizando com Missa e Adoração ao Santíssimo

Fillipe Lima / Pascom Arquidiocese de Maceió
Fotos: Fillipe Lima / Pascom Arquidiocese de Maceió

Centenas de fiéis compareceram na manhã deste domingo (8) ao Santuário da Misericórdia São João Paulo II e Irmã Dulce, no bairro do Vergel, na orla lagunar de Maceió para as celebrações da Festa da Misericórdia. 

O início das atividades contou com a participação do Ministério Nova Jericó e da Missão Celestine, que animaram e refletiram a misericórdia do Senhor juntamente com os fiéis presentes ao som de muito louvor.
 
Em seguida, o padre Francisco Guido, pregou aos fiéis com o tema Salvos pela Misericórdia, que foi inspirado na Carta de São Paulo a Tito. No texto bíblico, o Apóstolo do Senhor ensina ao povo cretense que a misericórdia somente é possível com Jesus Cristo.
 
"O tema da pregação deste dia foi retirado da carta de São Paulo a Tito e vai nos dando algumas direções pastorais para assumir a comunidade que ali nascia. Ele vai dando a mensagem para que os novos padres cuidassem do povo. Naquela época, os homens que viviam na perversão, na mentira e no engano e Palavra de Deus chegou para que eles pudessem ser salvos, mas não por causa de seus esforços e, sim, pela misericórdia de Deus", explicou o padre Francisco Guido.
 
O sacerdote disse ainda que a palavra escrita por Paulo também deve ser refletida nos tempos atuais, já que a humanidade vive também um momento de iniquidade e a humanidade precisa conhecer a misericórdia divina.
 
"Esse tema a chega até nós, hoje, com esse apelo da misericórdia. Onde o homem de hoje necessita ser salvo. Um homem que vive em cima do pecado e distante de Deus, consequente o que tem para ele é a morte. Não tem como encontrar misericórdia sem Jesus. Ele é o rosto da misericórdia", complementou. 
 
Por fim, o padre Francisco Guido afirmou que "é preciso que  apoiemo-nos ao Verbo Encarnado, pois Ele é a misericórdia e que também nós precisamos ser Misericórdia para o irmão que vive na miséria do mundo atual", finalizou.
 
No final da manhã, o ex-reeducando José Cícero dos Santos, de 38 anos, foi escolhido para o Testemunho de Vida. Em sua pregação, ele contou sua história e dividiu sua experiência com Deus com os fiéis.
 
"Eu me envolvi no mundo das drogas. Fui abusado por familiares, presenciei a miséria em minha família. Porém, encontrei Deus há 14 anos. Fraquejei durante minha caminhada na fé, fui preso novamente. Mas é importante dividir isso com os irmãos para mostrar que a fé em Cristo é o caminho para a misericórdia", disse.
 
A Festa da Misericórdia continuará por toda a tarde deste domingo. A programação ainda terá mais louvores e pregação, além da Procissão do Jesus Misericordioso e a Santa Missa e Adoração ao Santíssimo Sacramento.
Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL