Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

20/02/2018 17h05

Dom Antônio Muniz: “a tecnologia deve ser usada de forma consciente, jamais ser uma distração na vida do seminarista”

Arcebispo destaca a importância da formação para os jovens seminaristas e a dedicação deles em aprender

Maria Cicera
Fotos: Carlos Roberto e Alison Francisco

 Formadores e seminaristas se reuniram, na manhã da última segunda-feira, 19, na Capela Nossa Senhora da Assunção, no Seminário Arquidiocesano, para participarem da Celebração Eucarística presidida por dom Antônio Muniz Fernandes. A celebração, em Ação de Graças, marcou o início do Ano Letivo de 2018 e, na ocasião, foram acolhidos os novos seminaristas para os cursos de Filosofia e Teologia.

Dom Antônio Muniz iniciou sua homilia parafraseando uma canção muito conhecida por todos, “seu nome é Jesus Cristo e passa fome, (...) entre nós está e nós o rejeitamos e não o acolhemos’. A comunidade cristã já entendeu isso, mas ainda falta muito a ser feito para acolher verdadeiramente Jesus Cristo nos irmãos”.

Se dirigindo aos seminaristas o arcebispo recordou que a Quaresma faz o cristão lembrar as palavras de Jesus: Convertei-vos e crede no Evangelho. E foi mais incisivo ao falar da tecnologia usada de forma errada. “No Seminário há um grande tentador! Hoje, normalmente, levamos no bolso”, alertou o metropolita sobre o uso do celular e continuou: “cuidado com o uso da tecnologia de forma exagerada, pois a informação pode chegar até vocês de forma corrompida e isso muitas vezes causa a divisão já que algumas notícias veiculadas são, geralmente, fake News”.

Encerrando sua fala dom Muniz lembrou que desde o ano passado vem falando e alertando sobre falar mal uns dos outros, sobre fofocas e que notícias contrárias atingem a Igreja e denigrem a imagem.

“O justo que vive da fé para a fé não anda atrás de propagar notícias maldosas ou caluniosas e o Seminário precisa estar atento a isso, mas sempre usando a tecnologia para o bem e a evangelização”, finalizou o arcebispo.

O reitor do Seminário, cônego Severino Fernando, ao final da celebração apresentou os seminaristas ao arcebispo, que reforçou o desejo de até o centenário da Arquidiocese, em 2020, a Arquidiocese tenha 100 seminaristas. Concelebraram os padres Elison Silva, vice-reitor, José Elielton, Walfran Fonseca e Manoel José.

A segunda parte das atividades proposta pela equipe formadora do Seminário foi a Aula Inaugural que aconteceu no auditório e foi assessorada pelo cônego Walfran Fonseca. O sacerdote trouxe a temática da superação da violência a partir dos cartas e encíclicas do Santo Padre.

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL