Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

02/02/2018 11h38

Festa de São João Bosco é celebrada na Fundação João Paulo II

A Casa Dom Bosco realizou, além da festa de seu Padroeiro, o 20º aniversário sacerdotal de Pe. Tito Regis e o encerramento do Cerco de Jericó

Gilca Cinara - Ascom Casa Dom Bosco
Fotos: Ascom Casa Dom Bosco

 As comemorações para celebrar o dia de São João Bosco começaram no início da manhã do dia 31 de janeiro com a realização do tradicional café do rei, que reuniu os amigos, voluntários e acolhidos da Fundação João Paulo II, a Casa Dom Bosco. O dia foi inteiramente festivo para lembrar e despertar nos jovens, presentes na instituição, as virtudes de Dom Bosco, que manteve sempre o coração alegre.

Em uma só noite, a Casa Dom Bosco festejou ao seu padroeiro, realizou o encerramento do Cerco de Jericó e celebrou o aniversário de sacerdócio do presidente da instituição, Padre Tito Regis.

Durante a celebração, o sacerdote falou para a pessoas presentes sobre a missão de Dom Bosco, um jovem missionário que saiu para evangelizar mesmo passando pelas mais diversas dificuldades de vida. "Dom Bosco é homem misericordioso. É, portanto, homem de fé, homem que escuta a Deus, aquele que é capaz de alterar os projetos pessoais em função do projeto de Deus. Os seus sonhos tinham autoridade em sua vida", disse o padre Tito Regis.

Foi baseado na história de vida do padroeiro, que a Casa Dom Bosco construiu seus pilares. Dom Bosco foi um dos primeiros a perceber que a criança e o adolescente precisavam ser protegidos e formados para que assumissem novos projetos de vida.

Ele buscava desenvolver cada criança e cada jovem em sua totalidade e seu sistema educativo unia a qualidade de conteúdos ao mesmo tempo em que oferecia arte e cultura, formação profissional e desenvolvimento da espiritualidade.

Marcando a noite com ações de graças, o Padre Tito Regis festejou junto com a comunidade os seus 20 anos de ordenação. "Quando me ordenei padre recebi um presente muito especial do meu amigo Dom Edvaldo, que celebrou a missa de ordenação com o cálice usado por Dom Bosco. Hoje quando completo 20 anos de ordenação tenho a honra de receber novamente de suas mãos, o cálice usado por São João Paulo II", lembrou ele.

 

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL