Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

03/11/2017 00h03

Dom Antônio preside Missa e reza pelos indigentes enterrados no Cemitério Divina Pastora

“Uma multidão que está aqui precisa das nossas orações”, disse o metropolita

Thiago Aquino / Pascom Maceió
Fotos: Suzana Lima e Wanderlan Velozo / Pascom Maceió

O arcebispo de Maceió dom Frei Antônio Muniz presidiu a Missa de Comemoração dos Fiéis Defuntos, neste dia 02 de novembro, no Campo Santo da Divina Pastora, no Rio Novo. A comunidade da Paróquia São José, do Fernão Velho, rezou pelos mortos enterrados como indigentes.

Na homilia, dom Antônio destacou o modo cristão de viver, sempre lembrando que a vida é passageira. “Não julgar-se muita coisa, porque basta uma doença pra gente ficar acabrunhado. E o dia de hoje é uma escola: aqui no cemitério nós aprendemos que a nossa vida só tem sentido se for para fazer o bem, se tivermos as mãos abertas para amar os pobres e necessitados, porque depois da porta do cemitério não se passa mais nada”, disse. “Tudo o que fazemos aqui é paliativo e depois da morte só vai valer o bem que fizemos e a graça de Deus”.

O metropolita também enfatizou a oração pelos falecidos que foram enterrados no Cemitério Divina Pastora sem identificação de familiares: “Viemos rezar por aqueles que nem nome tem aqui, mas Deus sabe e conhece cada filho por seu nome. Esqueçamos um pouco os nossos queridos que já partiram, acendamos uma vela, representando a Luz de Cristo, e rezemos por aqueles que morreram e nunca receberam um gesto de carinho. Uma multidão está aguardando as nossas orações”.

Josefa de Morais, 73, participa da Legião de Maria e frequenta as missas aos sábados na Capela da Divina Pastora. Para a moradora do Rio Novo, a presença e as palavras do arcebispo fortalecem a comunidade a rezar pelos falecidos indigentes. “A celebração foi linda, porque rezamos por nossos familiares e também por aqueles que nem conhecemos, mas que precisam de nossas orações, e devemos fazer sempre isso”, falou.

A Missa foi concelebrada por padre Marivaldo da Conceição, administrador da Paróquia São José Operário, do Fernão Velho. Dom Antônio também aspergiu com água benta o espaço que ele batizou como Campo Santo da Divina Pastora. A celebração foi animada pelo Ministério Vaso Novo, da comunidade do ABC.

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL