Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

17/08/2017 18h02

Seminário Arquidiocesano encerra festividades à sua padroeira

Festa aconteceu de 12 a 15 de Agosto no Seminário de Maceió

Seminarista Fábio Vieira / Pascom Seminário
Fotos:? Pascom Seminário

Com alegria, junto à comunidade do entorno do seminário e movimentos da Igreja, o seminário arquidiocesano de Maceió celebrou de 12 a 15 de agosto a festa de sua padroeira, Nossa Senhora da Assunção, dias de festa, confraternização, partilha e oração. Retomando o ritmo dos últimos dois anos, houve a liturgia solene na capela do seminário, procissão pelas ruas do farol e festa externa com atrações musicais e quermesse. Com alegria contamos com a presença do monsenhor Delfino, cada dia mais restabelecido em sua saúde, morador do nosso seminário do qual é tido carinhosamente como reitor emérito, por tê-lo sido por três oportunidades já.

Abrindo a festa, no sábado, marcou presença o seminário menor São João XXIII, com a presença do padre José Luciano Duarte, reitor, e seus quatro seminaristas menores. Na homilia padre Luciano ressaltou a imagem de Maria como aquela que diferente de Elias, na primeira leitura, e Pedro, no Evangelho, soube reconhecer a presença de Deus e assim reconhecê-lo em seus feitos. Após a missa a banda do 59º Batalhão de Infantaria Motorizada do exército animou os presentes com sucessos do passado e do presente. No segundo dia, domingo, o reitor do seminário, cônego Severino Fernando, presidiu a celebração eucarística, na qual citou o caráter vocacional do Evangelho proclamado (Mt 14, 22-33). Na festa externa a animação ficou por conta do forró puxado pele seminarista Felipe Melo e o tocador Robertinho, colocando as equipes de Nossa Senhora para dançar. No terceiro dia, segunda-feira, padre Elison, vice-reitor do seminário, presidiu a eucaristia, missa da véspera da solenidade de Nossa Senhora da Assunção, nela ressaltou que Maria era bem aventurada porque era a Serva do Senhor, meditando nesse seu papel. Contamos com a presença especial do diácono Marcos Renildo França, da diocese de Palmeira dos Índios, que estudou nessa casa de formação. A banda da Polícia militar de Alagoas embalou a festa externa nesse dia.

O dia solene, terça-feira, começou com uma alvorada de fogos, às seis da manhã, seguido de Laudes solenes. Após um jantar especial festivo, com Dom Antônio Muniz e convidados, às dezoito horas, no seminário, houve a solenidade de Nossa Senhora da Assunção, na qual se fizeram presentes os formadores e demais padres residentes no seminário. Na homilia, o arcebispo explicou a devoção à Assunção de Nossa Senhora expressando de que forma no cuidado pelo homem, sobretudo os mais necessitados, manifesta-se a glória de Deus em nós, como em Maria. Após a missa a procissão tomou as ruas do entorno do seminário, espalhando bênçãos e manifestando a fé na boa mãe da Assunção, a banda da Casa Dom Bosco, obra social da Arquidiocese, animou a procissão e a quermesse após ela.

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL