Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Notícias / Arquidiocese

11/07/2017 16h18

Paróquias em Atalaia têm suas Igrejas Matrizes interditadas

Padre Manoel Francelino e padre Alex Barbosa falam da atual situação da Igreja Matriz de cada Paróquia

Maria Cícera - Pascom Arquidiocese de Maceió
Fachada das Igrejas de Nossa Senhora das Brotas e Conceição, em Atalaia

 No domingo, 09, pela manhã agentes da PASCOM Arquidiocesana estiveram na cidade de Atalaia nas Paróquias Nossa Senhora das Brotas, parte Alta da cidade, e Nossa Senhora da Conceição, Centro da cidade, para obter informações atualizadas sobre as interdições das duas Igrejas Matrizes e saber mais detalhes da Campanha “Reconstruindo a Casa da Mãe”.

Paróquia Nossa Senhora da Conceição

Com este grande desafio pela frente: reconstruir a torre de um Templo que tem 162 anos de construção após o desmoronamento na sexta-feira (06), a Paróquia Nossa Senhora da Conceição conta com a solidariedade e colaboração de todos, sejam moradores de Atalaia ou de outras cidades do Estado de Alagoas.

O padre Manoel Francelino da Silva, administrador paroquial, partilha que desde a descoberta das rachaduras, no domingo (02) pela manhã, estavam sem dormir direito preocupado com os danos futuros e não haver vítimas. Relata que a princípio, que no dia da interdição pela Defesa Civil, em reunião com os engenheiros se pensou na possibilidade de um escoramento mecânico da área interditada, o que não chegou a acontecer.

“Não esperávamos o problema. O prédio não aparentava problemas em sua estrutura arquitetônica, pois sempre era feito o trabalho de conservação. A minha gratidão aos paroquianos, amigos e irmãos evangélicos que já se dispuseram em colaborar de forma direta para a reconstrução da Igreja Matriz”, fala padre Manoel Francelino.

“Na segunda-feira vieram seis engenheiros da Defesa Civil, inclusive o Estado deslocou um da Barra de Santo Antônio para vim aqui no mesmo dia. O Arcebispo foi comunicado de imediato via telefone e demonstrou preocupação com o isolamento da área para a preservação de vidas. O que já estávamos fazendo e graças a Deus nenhuma vida foi ceifada”, relata o padre.

A Comunidade paroquial está abalada, desolada e envolta em um sentimento de perda como relatam alguns paroquianos ao padre: “Padre, não foi só a torre da Igreja Matriz que caiu. Foi a minha casa, a minha vida! ” Porém a união e a vontade de superar este momento difícil fazem com que, desde a queda da torre, jovens e adultos se unam em mutirão para retirada dos escombros e o possível reaproveitamento de alguns tijolos que serão, provavelmente, usados em alguma parede como memorial da história.

Em caráter emergencial o sacerdote lançou a Campanha “Reconstruindo a Casa da Mãe” com as seguintes formas de arrecadação: A venda de Camisetas no valor de R$25,00, à venda na Paróquia e na Cúria Metropolitana; uma “vaquinha” pela Internet e a uma conta bancária para doações em espécie. O padre está vendo a possibilidade, apresentada pela Caixa Econômica Federal, da abertura de outra conta para ajudar ainda mais na arrecadação

As fortes chuvas dos últimos meses, a técnica utilizada para a construção usada na época e as infiltrações das enchentes sofridas pelo prédio, em 1989 com 1,5 metros de água dentro da igreja e em 2010; podem ter sido as causas para a queda da torre, mas o laudo da perícia com as análises técnicas só sairá dentro de 15 dias. A outra torre não corre risco, mas segundo padre Manoel Francelino será feito, ainda esta semana, uma avaliação técnica para total segurança da obra.

“Contamos com o apoio de todos porque o dano vai além de nossas posses. Tanto a paróquia quanto a Arquidiocese estão unidas nesta corrente de solidariedade”, enfatiza o sacerdote.

Paróquia Nossa Senhora das Brotas


A Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas, também localizada em Atalaia, está interditada desde a última semana de junho, após a verificação de engenheiros e arquitetos que constatarem real situação do telhado, as TESOURAS (são uma montagem de várias peças formando uma estrutura rígida, geralmente de forma triangular) usadas na sustentação do teto de madeira estão comprometidas. Padre Alex Barbosa, administrador paroquial tomou a rápido decisão de interdição até a solução do problema e as missas foram todas transferidas para a Igreja de São Sebastião.

Em contato telefônico o padre José Alex Barbosa, administrador paroquial, falou da situação atual da Igreja Matriz: “Constatamos problemas nas tesouras, logo após a inspeção que mandamos fazer nesse período de fortes chuvas. O telhado da matriz de Nossa Senhora das Brotas sofreu uma intervenção em 2010, mas infelizmente veio a ceder quase chegando ao desmoronamento. Graças a Deus não houve nada de grave!”.

 

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL