Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Arquidiocese de Maceió | Igreja Missionária e Samaritana

Blogs

Pe. Valmir Galdino - Espiritualidade

02/05/2013 03h48

Um Dom Centenário

Por sua fidelidade ao projeto salvífico de Jesus, vem, o nosso Jornal, resistindo às intempéries da vida, que não são poucas, que são diversas, que são muitas.

Somos privilegiados, nós da querida Arquidiocese de Maceió, pois há entre nós mesmos, para maior glória de Deus, um meio de comunicação, um dom, uma dádiva divina chamada “Jornal O Semeador”.

            Um sublime veículo de comunicação da Igreja que, como o próprio nome diz, tem a missão de semear a Palavra de Deus. Ele, “O Semeador”, nesses cem anos, vem, sem nenhum cansaço, cumprindo o mandado de Jesus: pregar a Boa Nova do Reino. Porque entende que “a Igreja tem, pois, um direito radical de possuir e usar desses meios (de comunicação) como úteis à educação cristã e ao seu trabalho em vista da salvação das almas” (Decreto Inter Mirifica do Vaticano II).

            Por sua fidelidade ao projeto salvífico de Jesus, vem, o nosso Jornal, resistindo às intempéries da vida, que não são poucas, que são diversas, que são muitas. Sem medo, sem fraquejar, produz textos de profunda qualidade, pois retratam as realidades da vida, de modo particular, no que tange a fé do povo, povo de Deus.

            Ao longo destes cem anos, foram muitos e ainda são, homens e mulheres brilhantes, os que ousaram e ousam preencher as páginas de “O Semeador”. Foram inúmeros os que, livremente, poetizaram sobre as coisas de Deus, e, por consequência, das coisas da vida, vida humana. Com isso, salienta Bento XVI, “para que os instrumentos de comunicação social possam prestar um serviço positivo ao bem comum, é preciso uma contribuição responsável de todos e de cada um” (Discurso aos representantes dos meios de comunicação presentes em Roma, 23.04.05).

            Por isso, falar sobre este veículo comunicador é refletir sobre um tesouro, um bem, não mais escondido, mas próximo de nós, em nossas mãos, aos nossos olhos. Sim.  É isto que o querido “O Semeador” é para nós, um tesouro, uma joia preciosa, algo muito distinto e singular.

            São 100 anos de história, de uma longa história a ser contada, nunca esquecida. Um jornal que no silêncio da vida, longa vida, disserta sobre as coisas da alma humana numa profunda e estreita relação com Deus. Tarefa esta dura, marcada por incompreensões e desafios. Tarefa esta não muitas vezes compreendida, respeitada e, às vezes, ignorada. Mas imbuída do espírito cristão: “ai de mim se não anunciar o Evangelho!” (1Cor 9,16).

            Nosso velho e bom moço, “O Semeador”, um menino de cem longos anos, não se cansa, pois não nasceu (pasmem!) da vontade do homem, vontade humana, mas da vontade única de Deus. É por isso que resistiu e tem resistido há tanto tempo, porque existiram e continuam a existir bravos heróis que nele acreditaram e ainda acreditam, torceram e torcem por ele.

            Portanto, parabéns “Jornal O Semeador”. Parabéns por tantas décadas, pelo brilhantismo para com a fecunda missão de evangelizar. Deus seja sempre louvado, também, pela sua existência.

Sem comentários! Seja o primeiro!!!
Deixe seu comentário

ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ | Igreja Missionária e Samaritana

Pastoral da Comunicação Cúria: (82) 3223-2732 ou 3021-4001 (07h30 às 14h) Gabinete do Arcebispo: (82) 3326-2321 (8h às 12h) PASCOM: (82) 3326-5458 (8h às 14h) Av. Dom Antônio Brandão, 559 – Farol 57051-190 Maceió – AL